Polícia apreende pássaros silvestres em ônibus

Duzentos e cinqüenta e quatro pássaros silvestres e dois camaleões foram apreendidos hoje pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), no município metropolitano de Moreno. Os animais estavam acondicionados em uma caixa de televisão de 29 polegadas, dentro do bagageiro de um ônibus da empresa pernambucana Princesa do Agreste, que fazia o trajeto Crato(CE)/Recife. Sete dos pássaros morreram. Os bichos foram encontrados durante uma blitz do grupo de operações especiais da PRF numa ação de combate a tráfico de droga. De acordo com o assessor de imprensa da PRF-PE, Marcelo Morais, a caixa chamou a atenção porque tinha etiqueta de outra empresa de ônibus, a Progresso. O traficante não foi identificado. Encaminhados ao Ibama, os animais, que estavam debilitados, ficarão sob cuidados veterinários até se recuperarem e serem novamente soltos no seu habitat natural. O fiscal do Ibama Gustavo Moreira afirmou que não havia nenhuma espécie rara ou em extinção. A maioria era de patativas, azulões, caboclinhos e galos-de-campina. O Ibama arbitrou um multa de R$ 120 mil contra a Princesa do Agreste, por considerá-la responsável pelo transporte ilegal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.