Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Polícia apreende 790 pássaros em ônibus de Foz do Iguaçu

Uma blitz da Polícia Rodoviária apreendeu, nesta segunda-feira, 790 pássaros da fauna silvestre brasileira dentro de um ônibus de turistas e sacoleiros procedentes de Foz do Iguaçu (PR). O ônibus foi parado pelos policiais no quilômetro 337 da Rodovia Francisco Alves Negrão, divisa de São Paulo com o Paraná, no município paulista de Itararé. As aves estavam acondicionadas em oito gaiolas de arame, envolvidas por sacos de fibras de náilon. Os policiais contaram 530 pintassilgos e 260 canários da terra. São aves de canto e plumagem apreciados, mas só podem ser mantidas em cativeiro com autorização especial do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). A caça e o comércio constituem crimes ambientais. No mercado clandestino, o valor de cada exemplar oscila entre R$ 40 e R$ 200. Os pássaros estavam sem alimento, água e ventilação, mas apenas um não resistiu às más condições do transporte. Como a bagagem não tinha identificação, os 12 passageiros do ônibus, da Viação Pluma, foram detidos e levados à Delegacia de Polícia. Segundo o delegado José Vítor Bassetti, eles prestaram depoimento e foram liberados. Nenhum dos passageiros assumiu a posse da bagagem. O destino final do ônibus era o Rio de Janeiro, mas o delegado acredita que os pássaros seriam desembarcados em São Paulo ou outra cidade da região. "Da forma como estavam acomodados, eles não iam durar muito tempo." As aves foram levadas para a Casa da Agricultura de Itapeva para serem alimentadas e avaliadas por veterinários. A maior parte delas foi solta hoje em matas da região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.