Polícia ameaça apreender caminhões

A Polícia Rodoviária Federal vai apreender todos os caminhões e multar os motoristas que estacionarem seus veículos nos acostamentos das rodovias federais, na segunda-feira, caso venha a ser deflagrada a greve da categoria anunciada pelo Movimento União Brasil Caminhoneiro. A estratégia é impedir o bloqueio das rodovias e evitar o desabastecimento de alimentos e combustíveis nas cidades, com uma possível paralisação da categoria. O governo avalia que a greve, se for deflagrada, não afetará a vida normal do País, porque a categoria está dividida. "Não vamos permitir, sob qualquer hipótese, a permanência de veículos nos acostamentos das rodovias", disse o diretor-geral da PRF, Álvaro Henrique Vianna de Moraes. Segundo ele, a ação policial será reforçada nas estradas federais para garantir o fluxo de veículos, o transportes de bens e passageiros e o direito constitucional de ir e vir das pessoas.O governo também já alertou que poderá suspender as negociações com a categoria, caso a greve tumultue a vida do País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.