Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Cleia Viana/Câmara dos Deputados

'Polêmicas com China não são inteligentes', diz líder de frente agropecuária

Para Alceu Moreira, presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, provocações podem causar danos à relação do Brasil com a China

Francisco Carlos de Assis, O Estado de S.Paulo

19 de abril de 2020 | 12h37

O presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputado Alceu Moreira (MDB-RS), disse neste domingo, 19, que as polêmicas recentes com a China não são inteligentes. Para o deputado, as polêmicas geradas podem, sim, provocar danos à relação do Brasil com a China.

Ele teceu os comentários sem citar os nomes do deputado federal e filho do presidente, Eduardo Bolsonaro, e do ministro da Educação, Abraham Weintraub, que recentemente fizeram declarações polêmicas sobre a China e o povo chinês, que receberam respostas duras da Embaixada da China no País.

"Quando a quantidade de ignorantes é grande, as pessoas falam com convicção que os interesses entre os dois países são tão grandes que as críticas à China se tornam pequenas", disse o deputado presidente da FPA.

Para Moreira, as pessoas têm o direito à liberdade de expressão, de falarem o que querem e que o embaixador da China, Yang Wanming responde como achar melhor. No entanto, de acordo com deputado, estas polêmicas são prejudicais. "Não é inteligente", disse Moreira. "Quero dizer que isso não é inteligente. A bobagem não tem o tamanho do sobrenome de quem a produz. Continua sendo bobagem", criticou o deputado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.