Pó em carta dá alergia em funcionário do consulado dos EUA

Um funcionário do consulado dos Estados Unidos em São Paulo teve reação alérgica nesta sexta-feira à tarde ao abrir um envelope sem identificação de remetente, que continha um pó branco.O material foi isolado dentro de uma caixa e enviado para análise ao Instituto Adolfo Lutz. O funcionário também foi levado para o instituto. O envelope foi colocado dentro de um vidro e lacrado em um saco plástico.O consulado não informou o nome do funcionário, nem a nacionalidade, O material foi retirado por homens do Corpo de Bombeiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.