PMDB vai propor a Lula mínimo de R$ 300

O PMDB levará à primeira reunião do Conselho Político com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva a sugestão de sua executiva nacional para que o salário mínimo seja aumentado para R$ 300,00. O debate em torno do valor do mínimo foi retomado na reunião da executiva nacional, que terminou no início da tarde. O senador João Alberto (MA), além de apresentar o recurso ao Conselho Nacional do Partido contra a decisão da executiva de rejeitar a emenda da reeleição, levantou a questão do valor do mínimo e foi cortado pelo líder do partido na Câmara, José Borba (PR). O líder lembrou que a bancada de deputados já havia apresentado uma sugestão nesse sentido. Imediatamente, o presidente nacional do PMDB, deputado Michel Temer (SP), encampou a sugestão. "As fontes de recursos para bancar o aumento do mínimo podem ser as mesmas que sempre foram indicadas pelo PT quando fazia essas reivindicações", disse Geddel Vieira Lima (BA) com ironia.

Agencia Estado,

05 de maio de 2004 | 16h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.