PMDB terá ministério após votação das reformas, diz Mercadante

O líder do governo no Senado, senador Aloízio Mercadante (PT-SP), disse, após a reunião da cúpula do PMDB com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que este vai aguardar a aprovação das reformas previdenciária e tributária para fazer ajustes na sua equipe ministerial e colocar peemedebistas em cargos no primeiro escalão do governo. "Seguramente, o PMDB estará no ministério do governo Lula no futuro, mas o tempo da política é o tempo da aprovação das reformas", disse o senador. Ele relatou que o presidente ficou entusiasmado com a decisão da Executiva do PMDB de oficializar a adesão ao governo. "A decisão da Executiva do PMDB muda a qualidade da sustentação parlamentar do governo. A bancada do PMDB é fundamental para a aprovação das mudanças", afirmou Mercadante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.