PMDB terá candidato próprio em 2002, diz Jáder

O presidente do Senado, Jáder Barbalho (PMDB), afirmou hoje em São Paulo que seu partido terá candidato próprio na disputa à presidência da República em 2002. " Um partido do tamanho do PMDB não pode deixar de ter candidato próprio. Ter um candidato a presidência é um projeto irrecusável para o PMDB", afirmou Barbalho, que esteve nesta tarde no Instituto do Coração (Incor) para deixar uma mensagem de apoio ao governador licenciado de São Paulo, Mário Covas (PSDB).O senador Pedro Simon (PMDB), que esteve no Incor em companhia de Barbalho e do deputado federal Michel Temer (PMDB), afirmou que vai disputar a prévia de seu partido para presidência da República. " Sou pré-candidato e vou disputar a prévia com quer que sejam os outros pré-candidatos do PMDB", disse ele. O senador peemedebista afirmou também que recebeu "com alegria" a filiação do governador de Minas, Itamar Franco, ao PMDB." Eu disse ao Itamar quando ele me telefonou contando da filiação que a prévia dentro do PMDB ia ser sem graça, já que eu vou fazer tantos elogios a ele e Itamar não terá o que dizer ", afirmou Simon. "O Itamar disse que ia retribuir os elogios à altura", acrescentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.