PMDB terá candidato próprio a presidente em 2010, diz Cabral

O governador do Rio de Janeiro, no entanto, descarta a possibilidade de estar entre os possíveis candidatos

Elizabeth Lopes, do Estadão

20 de agosto de 2007 | 15h26

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), afirmou nesta segunda-feira, 20,  que seu partido terá candidatura própria à presidência da República em 2010. "O PMDB vai ter candidato porque é um grande partido", destacou ele, durante almoço/debate com empresários do Grupo de Líderes Empresariais (Lide), na capital paulista.   Veja também:   PMDB quer 'julgamento justo' para Renan, diz Michel Temer        Durante o evento, que contou também com a participação do presidente nacional do PMDB, deputado Michel Temer (SP), Sérgio Cabral foi questionado se estaria entre os potenciais candidatos ao palácio do Planalto nas próximas eleições presidenciais. "A única presidência que penso disputar nos próximos anos é a do Vasco da Gama", brincou.   A respeito da tramitação da CMPF no Congresso Nacional, o governador do Rio de Janeiro disse que é preciso encontrar uma solução para Estados e municípios. E acredita que o governo do presidente Lula tem sensibilidade para encontrar este caminho. "Vi sensibilidade do governo Lula", emendou, reiterando a possibilidade se encontrar uma alternativa de compensação para Estados e municípios.   Cabral, contudo, não entrou em detalhes sobre a alternativas que o governo federal poderá encontrar para compensar Estados e municípios. "É preciso encontrar uma equação para atender os Estados da mesma maneira", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
PMDBeleições 2010

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.