PMDB rompe aliança com PT no Rio e decide lançar candidato

Mais cotado, segundo fonte do partido, é o deputado Eduardo Paes; Alessandro Molon será o candidato petista

REUTERS

05 de junho de 2008 | 20h58

A direção do PMDB fluminense decidiu na quinta-feira romper a aliança com o PT para a eleição carioca antes do início da campanha, disse o governador em exercício, Luiz Fernando Pezão. Segundo ele, o partido deve ter candidato próprio na votação carioca, e não acompanhará o petista Alessandro Molon na disputa. De acordo com Pezão, o rompimento se deve a dificuldades nos acordos e articulações no interior do Estado. Ele afirmou que a disputa pela prefeitura de Queimados, na Baixada Fluminense, foi a gota d'água para o fim da coligação, que contava com o apoio do governador Sergio Cabral. O mais cotado para disputar a eleição carioca pelo PMDB, disse uma fonte no partido, é o ex-deputado Eduardo Paes, que pediu exoneração do cargo de secretário estadual de Esportes. O deputado federal Marcelo Itagiba corre por fora. "O nome de Paes é de consenso entre (o deputado federal Leonardo) Picciani e Cabral. O Itagiba tem pouca chance", disse a fonte do PMDB. A ala do PMDB liderada pelo ex-governador fluminense Anthony Garotinho tinha um acordo com o prefeito carioca, César Maia, para apoiar a candidata do DEM, a deputada federal Solange Amaral. O petista Molon, deputado estadual e pré-candidato à prefeitura, afirmou que ficou surpreso com o fim da aliança, mas não pretende desistir da disputa. "A notícia nos pegou de surpresa. O PT, apesar disso, seguirá firme nesta eleição com minha candidatura e com nosso projeto para a cidade. As direções regional e municipal do PT se manifestarão após o pronunciamento oficial do PMDB", disse Molon, que teve fraco desempenho em recentes pesquisas de opinião. O senador Marcelo Crivella (PRB) aparece como líder nas pesquisas de intenção de voto, seguido pela ex-deputada federal Jandira Feghali (PCdoB). Os deputados federais Fernando Gabeira (PV) e Solange Amaral aparecem mais atrás. (Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

Tudo o que sabemos sobre:
eleições municipaisPMDBEduardo Paes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.