PMDB reelege Temer; rebeldes gritam Fora Lula e Fora FMI

A convenção nacional do PMDB, realizada neste domingo, em Brasília, para reconduzir o deputado Michel Temer à presidência do partido sem disputas, dando uma demonstração de unidade, acabou tomada de assalto pela ala rebelde que vive às turras do o PT em Brasília e nosEstados.Em vez de sacramentar a maioria governista, a convenção serviu de palco para os rebeldes exigirem a CPI do caso Waldomiro Diniz e pregarem a independência do partido em relação ao governo. Eles também defenderam candidaturas próprias para as prefeituras este ano e para presidente em 2006. Não faltou o célebre coro ?Fora Lula e Fora FMI?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.