PMDB, PSB e PDT evitam falar em nomes para chapa em SP

Dirigentes do PMDB, PSB e PDT discutem, na capital,a possível coligação entre seus partidos para a disputa das eleições municipais em São Paulo. O presidente nacional do PMDB,Michel Temer (SP), informou que a reunião de hoje não vai definir nomes e também não será conclusiva. "Teremos cerca de dez diaspara tentar uma chapa única", disse. O encontro conta com a participação dos três pré-candidatos dos três partidos, Michel Temer, Luiza Erundina e Paulo Pereira daSilva, o Paulinho, da Força Sindical.Segundo Michel Temer, a meta da frente é a vitória. "Acreditamos que a aliança é viável, pois o eixo programático dessespartidos possui temas comuns", disse. Temer garantiu que a articulação política dessa frente levará em conta aseleições gerais de 2006.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.