PMDB presidirá e PT terá relatoria no Orçamento

PSDB ainda não indicou seus integrantes da comissão e propõe extinção do atual colegiado

Cida Fontes, Agencia Estado

26 de março de 2008 | 17h24

Depois de muitas divergências e disputas, o PMDB e o PT selaram acordo e vão dividir os dois cargos mais importantes da Comissão Mista de Orçamento. O líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), indicou o deputado Mendes Ribeiro (PMDB-RS) para a presidência. Já a relatoria deve ficar com o senador Aloizio Mercadante (PT-SP), que reivindicava o posto. Contudo, o senador Delcídio Amaral (PT-MS) também se candidatou ao cargo. O PSDB ainda não indicou seus integrantes para a comissão e o partido propõe a extinção do atual colegiado e a criação de uma comissão de sistematização para organizar o relatório final. A votação do Orçamento de 2008 envolveu conflitos entre a base aliada e a oposição. O PSDB e o DEM só aceitaram votar o projeto depois de denunciar irregularidades na comissão e exigir a retirada do anexo de metas e prioridades.

Tudo o que sabemos sobre:
PMDBPTorçamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.