PMDB permite a PSDB antecipar campanha na TV

Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizaram nesta terça-feira à noite, em decisão unânime, o PSDB e o PMDB a trocarem entre si as datas de inserção de suas peças de propaganda institucional na televisão. Com isso, o PSDB, cujas inserções estavam marcadas para 2, 4 e 14 de maio, poderá apresentá-las nos dias 5, 7 e 9 de março, que eram as datas previstas para o PMDB.A decisão do TSE permitirá que o ministro da Saúde e pré-candidato do PSDB à Presidência, José Serra, tenha espaço na TV para divulgar seu nome quase dois meses antes da data que estava garantida para o seu partido e dias depois da propaganda apresentada recentemente pelo PFL, destacando a imagem de sua pré-candidata presidencial - a govenadora do Maranhão, Roseana Sarney.Para aceitar o pedido, o TSE tomou como base uma resolução de 1997 que prevê alteração de dia e horário de inserções e também de programas partidários, desde que requisitada com antecedência mínima de 15 dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.