PMDB paulista deverá pedir saída do governo, diz fonte

O presidente do Diretório Estadual do PMDB em São Paulo, Orestes Quércia, tem reunião marcada para segunda-feira, às 10h30, com os presidentes dos diretórios municipais, lideranças e delegados do partido no Estado, com o objetivo de definir posição única para a Convenção Nacional de 12 de dezembro. A tendência é que o PMDB paulista vote contra a participação de membros do partido no governo, disse fonte próxima da direção.Entre os temas as serem discutidos estão a posição de independência em relação ao governo federal, a saída dos membros do partido da equipe do presidente Lula e a mudança da sigla de PMDB para MDB. A reunião será na sede do diretório local.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.