PMDB nega pressão por cargo na ECT

O presidente da Fundação Ulysses Guimarães, Wellington Moreira Franco, confirmou nesta quarta-feira, que o PMDB indicou o presidente do Conselho Superior da Associação Comercial do Rio de Janeiro, Humberto Motta, para a presidência da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), em substituição a Hassan Gebrin, atual ocupante do cargo. Segundo ele, o presidente Fernando Henrique Cardoso pediu ao presidente do PMDB, deputado Michel Temer (SP), que fizesse a indicação do nome, o que ocorreu agora. Franco disse que não houve exigência do PMDB relativamente ao cargo e que a mudança ocorreu em decorrência de oferecimento feito por Fernando Henrique, negando assim que o partido tivesse pressionado para obter o cargo, a fim de aumentar o número de cargos do partido no governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.