PMDB não assumirá posição formal sobre cassação

O líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros, disse que seu partido não deverá assumir uma posição formal sobre o pedido de cassação dos senadores Antônio Carlos Magalhães e José Roberto Arruda. "Não dá para partidarizar o julgamento, que é político", disse Calheiros. Já o PSDB pretende fechar questão sobre o assunto, hoje, na reunião da Executiva Nacional, às 17 horas. "Acho um erro os partidos se reunirem para isso", comentou Calheiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.