PMDB leva insatisfações da base à reunião com Dilma

A presidente Dilma Rousseff está reunida na noite desta segunda-feira, no Palácio do Planalto, com o vice-presidente Michel Temer e os presidentes da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Segundo a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, trata-se de uma "reunião institucional".

RAFAEL MORAES MOURA, Agência Estado

03 Junho 2013 | 20h49

Conforme informou o Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, integrantes da cúpula do PMDB pretendem levar à mesa as insatisfações da base aliada afloradas desde a votação da MP dos Portos, ocorrida no último dia 16. No dia 25 de maio, em visita oficial à Etiópia para participar das celebrações dos 50 anos da União Africana, a própria Dilma reconheceu que a relação com o PMDB tem "flutuações".

"Nós não vemos nenhum problema nas relações com o PMDB. Nenhum. Há flutuações, né? Porque também há interesses momentâneos desse ou daquele segmento", comentou a presidente na ocasião. Questionada se os episódios de atrito seriam pontuais, Dilma respondeu: "São. E não são significantes, do ponto de vista da qualidade da aliança com o PMDB."

Mais conteúdo sobre:
PMDBDILMATEMER

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.