PMDB confirma Michel Temer como vice de Dilma

Segundo Romero Jucá, o presidente da Câmara representa a 'unanimidade' do partido

Carol Pires, estadão.com.br

18 Maio 2010 | 11h58

BRASÍLIA - A Executiva do PMDB aprovou, há pouco, por unanimidade, o nome do deputado federal Michel Temer (SP), como pré-candidato à vice-presidente na chapa encabeçada pela ex-ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, do PT. A informação foi repassada aos jornalistas pelo líder do partido no Senado, Romero Jucá (RR).

 

Veja também:

https://politica.estadao.com.br/estadao/novo/img/icones/mais_azul.gif Aprovado pelo PMDB, Temer se diz 'orgulhoso' do partido

 

"Aprovamos por unanimidade a indicação do presidente Michel Temer para compor a chapa de vice da ministra Dilma", disse o senador. "Depois aprovamos a indicação para composição majoritária da questão de aliança dos partidos da base PT e PMDB".

 

Jucá fez questão de ressaltar que Michel Temer, presidente do PMDB, representa a unanimidade do partido. "O presidente Michel Temer é praticamente uma unanimidade no partido. Existem muito poucas vozes dissonantes. A decisão da Executiva foi unânime e representa a unidade do PMDB", completou.

 

O anúncio oficial da aliança entre Temer e Dilma para concorrerem à sucessão presidencial será no dia 12 de junho, na Convenção Nacional do PMDB.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.