PMDB confirma candidatura de Sartori ao governo do RS

A convenção estadual do PMDB homologou a chapa que vai concorrer à eleição majoritária deste ano no Rio Grande do Sul, neste domingo, 29. O ex-prefeito de Caxias do Sul, José Ivo Sartori (PMDB), disputa o governo do Estado, tendo como vice o empresário José Paulo Cairoli, do PSD. O deputado federal Beto Albuquerque, do PSB, concorre ao Senado e à cadeira de Pedro Simon (PMDB), que se retira das disputas eleitorais. A aliança formada pelo PMDB no Rio Grande do Sul conta com o PSB, PSD, PPS, PHS, PSL, PT do B e PSDC e Rede Sustentabilidade.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

29 Junho 2014 | 17h01

Em seu discurso, Sartori destacou o apoio que a campanha vai dar ao candidato do PSB à presidência da República e propôs que o debate local se volte para o futuro. "Estamos juntos com Eduardo Campos porque acreditamos que é possível um novo debate, com alternativas para o País, senão estaremos discutindo mais do mesmo", afirmou. "Olhar para trás, achar culpados, não leva a nada, só produz ressentimentos".

A convenção teve clima de homenagem a Pedro Simon, que vai se retirar das disputas eleitorais ao final do atual mandato de senador, em janeiro. "Pedro Simon é um ícone da política do Rio Grande do Sul e do Brasil, é um exemplo a ser seguido", derramou-se Albuquerque. O senador disse que o atual cenário político, com troca de apoio dos partidos por cargos em ministérios, "vem desmoralizando o Brasil". Também destacou a luta pela redemocratização do País durante o regime militar como uma das fases mais importantes de sua vida. "Posso dizer que foi a página mais bonita da história do Rio Grande e do Brasil. Contra tudo e contra todos, levantamos a bandeira da paz, da democracia, da Constituinte e da liberdade. Lutamos por uma Brasil unido e democrático", recordou.

Além de Sartori, também estão na disputa pelo governo do Rio Grande do Sul Tarso Genro (PT), candidato à reeleição, Ana Amélia Lemos (PP), Vieira da Cunha (PDT) e Roberto Robaina (PSOL).

Mais conteúdo sobre:
eleiçõesPMDBSartori

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.