PMDB ameaça obstruir votação que limita MPs

O líder do PMDB na Câmara, Geddel Vieira Lima (BA), afirmou hoje que vai encaminhar sua bancada para obstruir da votação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que restringe a edição de medidas provisórias e de qualquer outra MP da pauta se o PFL não tiver uma posição clara de que vai votar com o governo. "Eu obstruo sem nenhum constrangimento se não houver uma posição clara do PFL", afirmou. O discurso de Geddel é uma sinal claro de que o partido mantém uma aliança com PSDB para garantir as votações de interesse do governo. Geddel quer uma posição do líder do PFL, Inocêncio Oliveira(PE), sobre as votações. "Vamos aguardar uma posição do PFL: se é governo, oposição ou tico-tico-no-fubá", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.