PM reintegra área de fazenda que estava ocupada pelo MST

Cerca de 120 pessoas desocuparam área de fazenda, à margens da Rodovia Abraão Assed, em Serra Azul

Brás Henrique, da Agência Estado,

19 de maio de 2009 | 14h56

Cerca de 120 pessoas ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), desocuparam na manhã de terça-feira, 19,  uma área da Fazenda Martinópolis, à margens da Rodovia Abraão Assed, em Serra Azul, na região de Ribeirão Preto. Isso ocorreu devido à reintegração de posse, determinada pela Justiça, que foi cumprida por cerca de 100 policiais militares. O grupo do MST ocupou a área em 1º de maio.

 

A operação de reintegração começou por volta de 6 horas e não teve resistência dos sem-terra, que desmontaram os barracos rapidamente. O grupo seguiu para um assentamento do MST na região. Os sem-terra alegam que a área da fazenda é do governo e que deve ser destinada à reforma agrária.

Tudo o que sabemos sobre:
MST

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.