PM estima em 2 mil número de pessoas em Copacabana para passeata

Policiais militares estimam que a passeata que partirá da praia de Copacabana, neste domingo (15), contra a presidente Dilma Rousseff, reúna neste momento 2 mil pessoas. Os organizadores falam em 30 mil.

ROBERTA PENNAFORT, Estadão Conteúdo

15 de março de 2015 | 11h09

O protesto está concentrado ainda na altura da Rua Sá Ferreira e vai começar a se deslocar na direção do Leme. A dispersão será frente ao Hotel Copacabana.

Do alto do carro de som, líderes de movimentos que convocaram o protesto dizem que no Brasil todo a mobilização seja de 2 milhões de pessoas. Eles recolhem assinaturas pelo impeachment de Dilma.

Eles orientam os participantes a não brigarem caso apareçam manifestantes pró-Dilma. Na entrada da praia de Copacabana, pessoas que vinham caminhando desde o Leblon para a passeata discutiram rapidamente com um homem que gritou contra eles. Entre as palavras de ordem, os manifestantes gritam "Quem não é comunista sai do chão" e "Somos coxinhas, mas somos trabalhadores". O Hino à Bandeira o Hino Nacional foram cantados, assim como músicas de Cazuza, Geraldo Vandré e Gonzaguinha.

Tudo o que sabemos sobre:
CopacabanaprotestosDilma Rousseff

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.