PM-DF usa jatos d'água em protesto perto do Congresso

A Polícia Militar do Distrito Federal utilizou há pouco pela primeira vez no dia jatos d''água e lançou também bombas de gás lacrimogênio e de efeito moral para dispersar manifestantes que tentavam caminhar novamente em direção ao Congresso Nacional. A ação ocorreu no Eixo Monumental, na altura do Museu da República, ou seja, antes ainda dos ministérios.

RICARDO DELLA COLETTA, Agência Estado

07 de setembro de 2013 | 17h46

No início do dia, um grupo de manifestantes chegou a protestar em frente ao Congresso por cerca de duas horas. Neste momento, os manifestantes estão dispersados em pequenos grupos nas imediações da Biblioteca Nacional de Brasília e da Rodoviária do Plano Piloto.

Mais conteúdo sobre:
7 de setembroprotestosCongresso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.