PM-DF derruba barracos em área invadida

A Polícia Militar do Distrito Federal e funcionários do Siv-Solo destruíram 120 barracos que estavam sendo montados em uma fazenda na área rural de Samambaia, em Brasília, por trabalhadores rurais ligados à Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag). Cerca de 200 famílias estão na área desde o ano passado, quando o governo do DF se comprometeu em transformá-la em assentamento, segundo a Contag. A área tem 1.800 alqueires. Segundo o diretor de Política Agrária da Contag, Sebastião Neres da Rocha, a fazenda é do governo do DF. Os policiais estão utilizando tratores e caminhões para destruir os barracos, e queimando os escombros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.