PM desocupa duas fazendas invadidas na Serra do Japi

Cerca de 200 policiais militares retiraram as 400 pessoas que estavam na Serra do Japi, na divisa de Jundiaí com Cajamar e Pirapora do Bom Jesus, desde o dia 17 de abril deste ano. A retirada foi tranqüila e contou com apoio de um helicóptero, cavalaria e canil. O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) invadiu a Fazenda São Luiz, na Serra do Japi e outra área pertencente à Família Matarazzo. Os integrantes do MST reivindicavam a entrega das terras da Família Matarazzo em troca de uma dívida com o Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES). Agora, eles querem que o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) negocie a desapropriação da Fazenda São Luiz, pertencente a Luiz César Nascimento, que estaria disposto a vender a propriedade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.