PM desbloqueia estrada ocupada por índios em AL

Cerca de 40 homens do Bartalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar de Alagoas desbloquearam na tarde desta quarta-feira o trecho da BR-101, que os índios da tribo wassu-cocal mantinha bloqueado desde às 8 horas da manhã, na altura do KM 21, no município de Joaquim Gomes, na zona da Mata alagoana. Durante o desbloqueio o clima ficou tenso, mas não houve conflito. Os policiais afastaram os troncos de árvores da pista e liberaram a BR. O major PM Robson e o inspetor Jéferson, da Polícia Rodoviária Federal, estavam à frente da operação do desbloqueio. Os índios disseram que bloquearam em protesto pela fome, que assola a maioria das 410 famílias da nação wassu-cocal. Eles reclamam da falta de assistência da Fundação Nacional do Índio (Funai) e querem sementes para plantar em suas terras. A superintendência da Funai em Alagoas prometeu enviar uma comissão à tribo para fazer o levantamento das necessidades e reivindicações. Os índios conseguiram ainda uma audiência com o chefe da procuradoria-geral da República em Alagoas, Delson Lyra, para segunda-feira às 9 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.