Pluralidade do PSDB é um 'privilégio', dizem líderes

Os líderes do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio (SP), e no Senado, Aloysio Nunes (SP), afirmaram nesta quarta-feira, 28, que a pluralidade de quadros que o PSDB ostenta "é saudável e combina com a unidade partidária". Para ambos, o partido tem o "privilégio" de ter nomes como o do ex-governador José Serra e dos senadores Aécio Neves e Álvaro Dias. Os tucanos estudam realizar consultas prévias para a definição de um candidato à Presidência em 2014.

CARLA ARAÚJO, Agência Estado

28 de agosto de 2013 | 21h29

Segundo os líderes do partido, todos são "credenciados para alavancar o projeto que o PSDB irá apresentar ao país". "Essa pluralidade é saudável e todas as postulações são legítimas. O partido saberá buscar o caminho da unidade com a maturidade e a democracia interna que sempre teve", afirmaram, em nota.

Sampaio e Nunes reuniram-se nesta quarta-feira pela manhã para discutir a pauta do Congresso das próximas semanas e ressaltaram a importância do entrosamento entre as bancadas das duas Casas. Segundo eles, esse trabalho será fundamental para a construção do projeto que o PSDB nas eleições do próximo ano.

Tudo o que sabemos sobre:
PSDBpréviaslíderes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.