Plano Real foi conquista do governo FHC 'em parte', diz Dilma

Candidata disse que PT assumiu o governo em meio à grande turbulência na economia

Anne Warth e Daiene Cardoso, da Agência Estado,

18 de agosto de 2010 | 13h52

SÃO PAULO - Perguntada por internautas sobre o reconhecimento de que a estabilidade econômica foi alcançada pelo governo Fernando Henrique Cardoso, a candidata petista à Presidência da República, Dilma Rousseff, disse que o Plano Real foi uma conquista "em parte" dos tucanos.

Durante debate transmitido nesta quarta-feira, 18, pela internet, Dilma disse que o PT assumiu o governo com inflação alta, dívida externa, falta de investimento em saneamento, e venda de R$ 100 bilhões "do patrimônio público". "Hoje emprestamos para o FMI", disse. "Esse crescimento é uma conquista nossa", acrescentou.

A petista também foi questionada sobre investimentos em aeroportos e disse não estar satisfeita com a situação aeroportuária no País. Dilma defendeu a abertura do capital da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) e multa para as empresas por atendimento deficiente. Para José Serra (PSDB), o internauta questionou a implantação de pedágios em São Paulo. "São Paulo tem hoje as melhores estradas do País", defendeu, ao dizer que o modelo salvou 11 mil vidas no Estado.

Desafio. Ao responder perguntas de internautas durante o debate, os candidatos à Presidência da República foram desafiados. Dilma teve de explicar se a escolha dela pelo PT se devia ao fato de ter "sobrado" como potencial candidata. Serra teve de dizer se representa ou não as elites do País.

Para Dilma, o internauta lembrou que o vice de Serra foi escolhido de improviso e que a candidatura dela poderia ter sido definida com a saída de Antonio Palocci do governo. Dilma disse que a questão se devia a uma tentativa de desqualificar sua candidatura e listou seu currículo até chegar à Casa Civil. "Sou uma política não tradicional", admitiu, ao afirmar que possui experiência administrativa. Dilma afirmou que pertence a um governo vitorioso que tirou o País de um processo de paralisia.

No caso de Serra, o internauta lembrou que o DEM, partido de sua aliança, era vinculado ao coronelismo quando era PFL. Ao listar seu currículo, Serra fez questão de ressaltar que vem de origem humilde e que sempre estudou em escola pública. "Minha atuação sempre esteve voltada para os setores mais pobres da população brasileira", disse.

Para Marina coube uma pergunta mais "leve": sua prioridade de reforma. "Confesso que até passei a mão no lombo com a pergunta do internauta", disse, ao respirar aliviada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.