Planalto vence batalha contra CPI

O governo venceu a batalha para desmontar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) ampla para apurar corrupção no País. Sua força-tarefa mobilizou ministros e líderes governistas em acertos e composições eleitorais, além da liberação de verbas orçamentárias e de convênios com prefeituras que custaram pelo menos R$ 30 milhões nas últimas 48 horas. Ao entrar no plenário do Congresso às 15 horas de ontem, para a leitura do requerimento pedindo a criação da CPI, o comando da base aliada contabilizava o recuo de 24 dissidentes da Câmara, número mais que suficiente para derrubar a marca das 171 assinaturas exigidas para abrir o inquérito. Leia mais no Estado

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.