Planalto libera verbas para acalmar Exército

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão anunciou ontem que nos próximos dias deve publicar nova portaria liberando parte dos recursos orçamentários que permanecem bloqueados por causa do ajuste fiscal do governo. As Forças Armadas devem receber R$ 300 milhões. A decisão política foi tomada pelo Palácio do Planalto como forma de acalmar o Comando do Exército, que ameaça dispensar 44 mil recrutas por falta de dinheiro para pagar suas despesas. A verba, no entanto, não muda o quadro de aperto nas contas públicas exigido pela nova meta de superávit primário. Leia no Estado

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.