DIDA SAMPAIO/ESTADÃO
DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

Planalto diz que Imbassahy fica no cargo

Comunicação do Planalto admite, porém, que há conversas sobre a nomeação de Carlos Marun para a Secretaria de Governo

Carla Araújo e Tânia Monteiro, O Estado de S.Paulo

22 Novembro 2017 | 16h06

BRASÍLIA - A Secretaria de Comunicação Social informou oficialmente na tarde desta quarta-feira, 22, que o ministro da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy, continuará no cargo. A Secom confirmou que há conversas sendo feitas em torno da possível substituição do tucano pelo deputado Carlos Marun (PMDB-RS), mas que o presidente Michel Temer ainda vai fazer novas conversas para bater o martelo.

+++ Marun diz que espera dispensa de Imbassahy para assumir Segov

A Secom informou ainda que, às 17 horas desta quarta, o deputado Alexandre Baldy tomará posse sozinho, no Ministério das Cidades, em cerimônia no Palácio do Planalto

Antes do comunicado oficial, ministros, parlamentares e fontes ligadas ao presidente haviam confirmado que a escolha de Marun tinha sido definida em reunião do presidente com o próprio peemedebista e com os lideres Baleia Rossi e Aguinaldo Ribeiro no Planalto no fim desta manhã. Há pouco, no entanto, Temer recebeu - conforme a agenda oficial - o deputado da Câmara, Rodrigo Maia. 

Fontes do Planalto que defendiam que o presidente esperasse para anunciar Marun ponderam que ele poderia aproveitar o jantar de hoje á noite com lideres da base para ampliar as conversas e fazer uma escolha que não cause futuros estragos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.