PL pode expulsar Medeiros e Caldas

O PL vai instalar amanhã o Conselho de Ética do partido para examinar o processo de expulsão dos deputados Luiz Antônio de Medeiros (SP) e João Caldas (AL). Medeiros poderá ser punido por ter feito declarações sobre a diminuição do partido e a sua intenção de ingressar no PMDB. João Carlos também poderá ser punido por ter pedido cargos ao futuro governo de Luiz Inácio Lula da Silva. O processo foi aberto por ordem do presidente nacional do partido, Waldemar Costa Neto. "Assim é a vida. Essas pessoas estão denegrindo o nome do partido e terão de sair. Senão serão expulsas", afirmou Costa Neto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.