PL nega pedido de filiação feito por Pitta

O diretório do PL em São Paulo negou pedido de filiação ao ex-prefeito Celso Pitta, que quer disputar uma vaga na Câmara. A decisão foi tomada em consulta aos 23 prefeitos do partido, reunidos hoje na capital paulista para discutir o pleito de 2002."Foi unanimidade", afirmou o presidente regional, deputado Luiz Antônio de Medeiros. "Pitta precisa resolver seus vários processos para não ficar o tempo todo dando explicações", disse. Medeiros disse que o ex-prefeito lhe garantiu conquistar nas urnas 200 mil votos para eleger-se deputado federal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.