PL fala agora que pode lançar Medeiros à prefeitura de SP

O presidente nacional do PL, deputado Valdemar Costa Neto (SP), disse hoje que a tendência do partido é lançar candidato próprio à prefeitura de São Paulo, em vez de apoiar a reeleição da prefeita petista Marta Suplicy. Ele citou o presidente da CPI da Pirataria, deputado Luiz Antonio Medeiros (SP), como possível candidato, mas frisou que a decisão final só será conhecida entre os dias 20 e 26 deste mês, depois de consulta à base e à bancada federal. Medeiros foi o responsável pelo prisão do contrabandista chinês Law Kin Chong, que tentou suborná-lo.Costa Neto deu as informações após o encontro realizado em Brasília em que foi apresentado o novo logotipo do partido. Ele elogiou a atuação da prefeita de São Paulo, mas disse que falta empenho do "PT de Brasília" para reelegê-la. "O governo precisa se empenhar para manter a aliança, precisa mostrar para a Marta por que é que ela não tem o apoio do PMDB", afirmou. Para o deputado, o fato de o maior partido da base de apoio ao Planalto não apoiá-la é "um sinal" de que a aliança em torno do governo federal "não está indo bem". "O mais importante é o PT mostrar que está com vontade de apoiar a Marta e que não poderia perder o PMDB, que tem um tempo monstro na tevê e uma força monstruosa em São Paulo", alegou. Costa Neto não esclareceu quais seriam essas dificuldades. Ele deixou claro q ue a situação do PL na esfera federal tampouco é boa. Caso contrário, a tendência seria o partido se aliar aos vereadores e apoiarem a reeleição da prefeita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.