PL expulsa ex-deputado preso por superfaturar ambulâncias

O presidente em exercício do PL, Alfredo Nascimento, decidiu expulsar o ex-deputado Carlos Rodrigues, do PL do Rio de Janeiro, preso nesta quinta-feira na Operação Sanguessuga, que investiga o esquema de liberação de emendas para a compra de ambulâncias superfaturadas. Acusado no escândalo do mensalão, Bispo Rodrigues havia renunciado ao mandato para evitar a cassação.Nascimento também decretou intervenção nacional no diretório do PL no Rio de Janeiro e indicou o secretário geral da o partido, Sérgio Tâmer como interventor. O PL deverá divulgar ainda nesta quinta-feira uma nota com as determinações. A informação é da assessoria do PL.O ex-deputado Carlos Rodrigues apresentou-se espontaneamente à Polícia Federal em Brasília para prestar depoimento sobre a fraude para a compra de ambulância às prefeituras. Segundo informações da PF, Carlos Rodrigues foi preso imediatamente uma vez que já havia o pedido de prisão decretado. Não foi necessário encaminhar o deputado para exame de corpo delito no Instituto Médico Legal (IML), já que ele chegou à Polícia Federal caminhando, acompanhado de seu advogado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.