Pitta e Nahas deixam carceragem da PF em SP

O ex-prefeito de São Paulo Celso Pitta e o investidor Naji Nahas, envolvidos na Operação Satiagraha, deixaram a carceragem da Polícia Federal, na capital paulista, pouco antes da 1h desta sexta-feira. O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, concedeu alvará de soltura na noite de ontem. O ministro estendeu para os acusados a decisão que já havia beneficiado, na quarta-feira à noite, o banqueiro Daniel Dantas, sua irmã Verônica Dantas, e outros nove investigados pela Polícia Federal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.