Pimentel: governo editará lei de terras até o fim do ano

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, afirmou nesta terça que o governo editará e enviará ao Congresso, até o fim do ano, uma medida provisória (MP) para regulamentar a aquisição de terras por estrangeiros no País. Atualmente, um parecer da Advocacia Geral da União (AGU) restringe a aquisição de terras por estrangeiros.

GUSTAVO PORTO, Agência Estado

16 de outubro de 2012 | 16h00

Segundo Pimentel, o texto da MP está neste momento sob análise da própria AGU e, segundo ele, irá criar instrumentos de regulação para a compra de propriedades rurais. O ministro evitou dar detalhes sobre a medida provisória e afirmou que o projeto só não foi enviado antes para o Congresso em razão da discussão do Código Florestal, que agora foi encerrada, conforme o ministro. "A MP da nova lei de terras não vai ser tão restritiva, mas vai ter limites, que é o que o capital privado precisa para investir", afirmou.

Pimentel admitiu que um dos motivos para que o governo regulamente a questão é o avanço da aquisição de terras pelos chineses. "Vamos criar um instrumento moderno e adequado para o Brasil e impor limites, especialmente porque a ameaça asiática é grande neste caso", concluiu o ministro.

Tudo o que sabemos sobre:
terraestrangeirosMPPimentel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.