Pimentel diz que participação no governo é especulação

Confiante na vitória de Dilma Rousseff (PT), o ex-prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel (PT), disse hoje que após o 2º turno da eleição presidencial "é o momento de começar uma nova etapa no Brasil". "Vamos consolidar o governo do presidente Lula, governar para todos os brasileiros."

EDUARDO KATTAH, Agência Estado

31 de outubro de 2010 | 11h22

Pimentel acompanhou o prefeito da capital mineira Márcio Lacerda (PSB) que votou pela manhã no colégio estadual Milton Campos, conhecido como estadual central, na região sul da cidade - onde vota também o ex-governador e senador eleito, Aécio Neves (PSDB).

Próximo de Dilma - os dois, na juventude estudaram juntos no estadual central, onde iniciaram a militância política -, Pimentel foi questionado sobre eventual participação no governo Dilma. O ex-prefeito tratou o assunto como mera especulação. "O que tem é um grupo de companheiros que tem ajudado a Dilma nessa campanha porque são muito próximos dela e surgem especulações. Nós não temos de cuidar disso, temos de cuidar em ganhar a eleição."

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2010Fernando Pimentel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.