Pimentel diz esperar acordo sobre folha de pagamento

O relator da Comissão de Orçamento da União, deputado José Pimentel (PT-CE), informou hoje que está pronto seu relatório sobre o projeto que limita o crescimento da folha de pagamentos, mas só vai apresentá-lo quando houver um acordo entre os líderes dos partidos, no Congresso Nacional, em torno da proposta. O projeto original do governo prevê que a folha de pagamentos cresça anualmente 1,5% acima da inflação, mas, no Senado, as discussões já mencionavam 2,5% acima da inflação. Pimentel disse que, embora o texto de seu relatório esteja concluído, os porcentuais de reajuste estão em branco e só serão preenchidos após a realização do acordo político. "Em uma matéria dessa magnitude, você não apresenta o relatório apenas para cumprir uma agenda, mas para ser aprovado", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.