Pimenta da Veiga diz que estuda candidatura

O ministro das Comunicações, Pimenta da Veiga (PSDB-MG) disse que está refletindo sobre a possibilidade de candidatar-se à Presidência da República, e atribuiu essa atitude às manifestações de apoio que estaria recebendo de parlamentares, prefeitos e governadores simpáticos ao seu nome. "Isso me faz refletir a respeito", disse, acrescentando que, no ?momento ideal?, anunciará se sai ou não candidato. "Um projeto como esse não é pessoal. É uma ação coletiva que envolve articulações de pessoas e partidos", explicou. Pimenta da Veiga, que é adversário do governador de Minas Gerais, Itamar Franco (PMDB), insinuou que tem mais dinamismo político que o ex-presidente. "Eu ando este Brasil inteiro. Não fico apenas no Triângulo das Bermudas", comentou, referindo-se ao eixo Rio-São Paulo-Brasília. Em discurso na cerimônia comemorativa dos 25 anos do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD), Pimenta da Veiga exaltou tanto os avanços tecnológicos quanto os recursos naturais do País. "É este o Brasil que eu quero ver", disse, referindo-se ao fato de o CPqD ficar ao lado de uma fazenda. "O desenvolvimento da tecnologia nacional tem que caminhar ao lado da educação", afirmou o ministro, destacando que todas as ações de um governo são apenas intermediárias se não conduzirem ao desenvolvimento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.