Pilotos da JAL pedem suspensão de vôos por causa da Sars

Um grupo de pilotos chefes da Japan Airlines Systems Corp. (JAL) pediu ao ministro da Saúde do Japão que mande a equipe administrativa do grupo suspender temporariamente os vôos regulares para a China, Hong Kong e Taiwan por causa da Síndrome Respiratória Aguda Severa (Sars), informou a agência de notícias Kyodo News Service. A associação que representa os pilotos disse que seus membros não querem levar o vírus da Sars para o Japão. Isso se segue a preocupações públicas acerca de uma viagem feita este mês por um médico de Taiwan infectado pela Sars para o oeste do Japão. O grupo de cerca de 1,2 mil capitães da operadora inclui pilotos do vôo da Japan Asia Airways que transportou o médico de Taiwan. Eles pedem o apoio do ministro da Saúde, Trabalho e Bem-Estar japonês, Chikara Sakaguchi, já que a equipe administrativa não respondeu à solicitação dos pilotos de que os vôos fossem suspensos, exceto para uso de ajuda humanitária. Veja o índice de notícias sobre a pneumonia atípica

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.