Piercing pode causar doença infecciosa, advertem médicos

O piercing de língua e de lábios é altamente perigoso, podendo provocar enfermidades infecciosas, segundo Richard Martinello, médico do hospital da Universidade Yale, em Connecticut. O chamado "body piercing" transformou-se em uma verdadeira moda entre muitos jovens de todo o mundo.Em Connecticut, uma jovem esteve à beira da morte vítima de um abcesso cerebral depois de mandar perfurar a língua para colocar um aro de prata.A Associação Nacional de Dentistas norte-americana definiu o piercing de lábios como um "risco para a saúde", e considerou o de língua menos perigoso. Segundo Martinello, o médico do hospital da Universidade de Yale que atendeu a jovem de 20 anos (cuja identidade não foi divulgada), ela, depois de perfurar a língua, apresentou no local do piercing uma dolorosa infecção com pus. Temendo que a infecção se alastrasse, a jovem retirou o aro, mas um mês mais tarde começou a sentir febre, náuseas, vômitos, fortes dores de cabeça e perda de equilíbrio. Uma tomografia computadorizada feita em seguida revelou que a jovem apresentava tecidos inflamados no cerebelo, a parte do sistema nervoso central que controla os músculos e a orientação espaço-temporal do indivíduo.A jovem precisou ser submetida a uma delicada cirurgia para retirar o pus e os líqüidos infecciosos em seus tecidos inflamados e só se recuperou um mês depois.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.