Piauí retoma obras da Gautama no Luz para Todos

Construtora ficou conhecida após ser apontada como pivô da Operação Navalha, da Polícia Federal

29 de agosto de 2007 | 16h18

O coordenador do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), vice-governador Wilson Martins, informou que as ligações do Programa Luz para Todos que seriam feitas pela construtora Gautama, que foram suspensas pelo Tribunal de Contas da União, serão licitadas uma no dia 31 e outra no dia 03 de Setembro. Serão feitas mais de 15 mil ligações com objetivo de completar a etapa de 2007 que estava paralisada. A construtora Gautama ganhou destaque na mídia após a Operação Navalha, da Polícia Federal, que prendeu 47 pessoas suspeitas de fraudar licitações em obras públicas. O governo, segundo Martins, adotou todas as medidas cabíveis para retomar as obras que tinham sido paralisadas depois da  Navalha. "Estamos licitando no dia 31 de agosto a 7ª etapa do programa Luz para Todos que correspondia ao ano de 2006. No dia 03 de Setembro fará a licitação da 8ª etapa, ainda com recursos de referência de 2006. Através da Cepisa (Companhia Energética do Piauí) serão feitas 11.5 mil ligações de energia elétrica no valor de R$ 47 milhões", informou o vice-governador Wilson Martins. Ele disse que a construtora Gautama iria aplicar R$ 61 milhões em ligações elétricas no estado do Piauí, dinheiro este referente a 2006. "A Gautama enfrentou problemas e o orçamento que seria utilizado será aproveitado para fazer esta licitação e as novas ligações. O dinheiro foi remanejado num grande esforço para utilizar estas verba para fazer as ligações. Este também é dinheiro do PAC", frisou Wilson Martins.  O vice-governador assinalou que serão feitas outras 51 mil ligações de energia elétrica que ficarão sob a responsabilidade da Chesf (Compahia Hidrelétrica do São Francisco). Segundo ele, estas ligações já estão em processo de licitação dentro do programa Luz para Todos. Este dinheiro é correspondente à meta estabelecida para o ano de 2007. "O valor é de R$ 149 milhões para fazer 51.950 ligações, dentro do cronograma de 2007 e utilizando recursos do PAC previstos para estas obras", assinalou Wilson Martins. Pelos cálculos do vice-governador, serão aplicados R$ 196 milhões somente na área de energia elétrica. A Cepisa vai aplicar R$ 47 milhões e a Chesf outros R$ 149 milhões.

Tudo o que sabemos sobre:
Luz para TodosGautama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.