PFL tenta impedir pronunciamento de Lula na TV

O PFL entrou hoje, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com uma reclamação com pedido de liminar para que seja suspensa a veiculação do pronunciamento do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, previsto para noite desta sexta-feira, para falar sobre o bom momento vivido pela economia do País. O PFL alega que isto é propaganda eleitoral ilegal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.