PFL reunido para definir posição sobre relatório

O presidente do PFL, senador Jorge Bornhausen, iniciou por volta das 9h20 uma reunião com os integrantes do partido no Conselho de Ética, e o líder do PFL no Senado, Hugo Napoleão, para definir a posição da legenda sobre o relatório do senador Roberto Saturnino Braga (PSB-RJ), que recomenda a cassação do senador Antônio Carlos Magalhães, por quebra de decoro parlamentar. Nesse encontro o PFL vai decidir se pede o abrandamento da pena no voto em separado, que será apresentado ao conselho, ou se solicita à Mesa do Senado a abertura do processo por quebra do decoro parlamentar sem explicitar o tipo de punição. Esta última alternativa tem obtido o apoio da maioria da bancada no conselho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.