PFL paulista prepara caravana de apoio a Roseana

O PFL paulista prepara estratégia e deve atuar em duas frentes para apoiar a governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PFL), virtual candidata à Presidência da República em 2002. Segundo o presidente regional do PFL, Cláudio Lembo, o partido está programando uma caravana em São Paulo com a presença de Roseana, na segunda quinzena de outubro. Acompanhada do presidente do PFL, Jorge Bornhausen, e do vice-presidente, Marco Maciel, a governadora deverá percorrer, além da capital paulista, as 20 maiores cidades do Estado, como Campinas, São José dos Campos, Bauru e Ribeirão Preto.A estratégia do PFL também inclui a cessão a Roseana da metade do horário eleitoral gratuito a que o partido terá direito em novembro. Como o partido terá direito a 20 minutos, 10 minutos estarão à disposição de Roseana.Lembo não descarta a possibilidade de o partido ceder o tempo integral à governadora maranhense, dependendo de seu desempenho nas pesquisas. Para Lembo, a população demonstrou "sensibilidade" ao reconhecer que Roseana realiza um "bom" governo mesmo num Estado nordestino.Isso, na opinião do pefelista, explica o fato de Roseana aparecer em segundo lugar na intenção de votos para à Presidência e m duas pesquisas: Ibope e CNT/Sensus.Lembo afirma que, além de fortalecer a provável candidatura de Roseana à presidência, o PFL paulista pretende ganhar mais espaço e reconquistar o eleitorado que, segundo ele, afastou-se do partido quando a agremiação ainda tinha forte influência do ex-prefeito Paulo Maluf (PPB). "Nas últimas eleições municipais rompemos com Maluf quando Romeu Tuma (senador do PFL) se candidatou à Prefeitura de São Paulo", ressalta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.