PFL manifesta apoio formal a ACM

O líder do PFL na Câmara, Inocêncio Oliveira, fez, esta manhã, no plenário da Câmara, um pronunciamento em defesa e solidariedade ao senador Antônio Carlos Magalhães (PFL-BA). Segundo Inocêncio, ACM é credor do País em função de sua luta pelo reajuste do salário mínimo, criação do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza e pela cruzada que está resultando na reforma do Poder Judiciário.Para encerrar o pronunciamento, Inocêncio leu uma nota da Comissão Executiva Nacional do PFL, na qual o partido afirma estar acompanhando com atenção as investigações em curso, em relação à violação do painel do Senado, e aguarda com serenidade o total esclarecimento dos fatos. Segundo a nota, o partido confia nas afirmações do senador e não vai aceitar prejulgamentos em relação a ACM, que prestou enormes serviços ao País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.