PFL entra com ação no Supremo contra MP de Meirelles

O líder do PFL na Câmara, José Carlos Aleluia (BA) entregou hoje ao presidente do Supremo Tribunal Federal, Nelson Jobim, uma ação que questiona a medida provisória que concedeu status de ministro ao presidente do Banco Central, Henrique Meirelles. Na ação, o PFL argumenta que não foram cumpridos os dois requisitos básicos para a edição da medida provisória, que são urgência e relevância.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.