PFL e PSDB falam em acordo para prorrogar CPMF

O líder do PSDB na Câmara, Jutahy Junior (BA), afirmou hoje que existem condições de votar todos os projetos apontados pelo presidente da República para serem aprovados até junho. Ele disse acreditar que a base estará unida, apesar das disputas para indicação do candidato governista à eleição presidencial. De acordo com ele, o primeiro assunto a ser discutido pelos parlamentares será a legislação sobre a segurança pública, cujo relator será do PSDB. Já o líder do PFL no Senado, José Agripino (RN), embora admita que a base governista estará unida em torno desta pauta, vê dificuldades na aprovação da proposta de emenda constitucional que unifica a tributação do ICMS em todos os estados. Para Agripino, no ano eleitoral será difícil aprovar uma regra que implicaria perda de receita para alguns estados. Ambos os parlamentares, no entanto, admitem que já há um amplo acordo para a aprovação da emenda constitucional que prorroga para 2003 a CPMF. "Até porque trará esta boa novidade, que é a isenção (da CPMF) das bolsas de valores", disse Jutahy.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.